Em virtude do aumento significativo do cancro da mama na mulher, a nível mundial e nacional, a Associação Oncológica do Algarve (AOA) realizou, desde o seu início (1994), muitas actividades de informação e divulgação essenciais na deteção precoce do cancro. Em determinada altura, reunidas as condições essenciais, tornou-se imperativo realizar o rastreio do cancro da mama no Algarve iniciado pela AOA, em parceria com a Administração Regional de Saúde, em 2005.

Passada mais de uma década, de modo a acompanhar as evoluções tecnológicas foi necessário renovar todo o equipamento deste rastreio. Para tal, procedeu-se à substituição dos servidores e rede (network) localizados na sede da AOA, de modo a preparar o sistema informático para o novo equipamento, um investimento que rondou os 75.000,00€.

No ano passado, foi aberto um Concurso Público para aquisição dessa nova Unidade Móvel, tendo sido adjudicado pelo valor de 368.248,47€. Por iniciativa do Rotary Internacional Estoi Palace, nos últimos quatro anos, grande parte dos Clubes Rotários do Algarve angariaram 63.037,00€, valor total da caravana. Significativo foi também o apoio do Município de Faro, que atribui 10.000,00€ para este fim, por via de uma candidatura de ‘Apoio ao Associativismo’.

A AOA não pode deixar de lembrar o apoio dos muitos voluntários, sócios e instituições públicas e privadas que, ano após ano, foram contribuindo para a concretização do projeto.

Esta Unidade Móvel – primeira e única com tomossíntese em rastreio móvel (imagem 3D) no país – está dotada da mais recente tecnologia de rastreio, que permite realizar um diagnóstico precoce mais eficaz, apto para efetuar mamografias em mulheres com idades mais jovens e com mais baixo nível de radiação do que o equipamento anterior.

Outra das grandes vantagens deste rastreio inovador é o facto do mesmo método de diagnóstico poder ser aplicado a uma região na sua totalidade – o Algarve. Para além de eliminar qualquer desigualdade entre concelhos, vai permitir a partilha de resultados e facilitar estudos comparativos com outros rastreios, a fim de obter um cada vez maior conhecimento sobre o cancro da mama.

A “Pinky”, como já é conhecida, encontra-se no Centro de Saúde de Albufeira, seguindo posteriormente para o Centro de Saúde de Silves.

Aproxima-se o evento MAMAMARATONA 17, já com data marcada para o dia 8 de Outubro, em Portimão. A AOA faz questão de “apresentar” esta nova Unidade Móvel a todos os participantes do evento, que se irá realizar junto ao rio Arade, na Antiga Lota da Lota da Zona Ribeirinha.