É uma Instituição Particular de Solidariedade Social, de utilidade pública, fundada em 1994 por um grupo de pessoas com experiência pessoal e profissional de problemas associados ao cancro. É constituída por voluntários, sem fins lucrativos, de luta contra o cancro.

O principal objectivo desta Associação é prestar apoio social e humano ao doente oncológico, mediante a promoção de todas as diligências necessárias à sua integração na comunidade.

Dr. Santos Pereira, médico cirurgião do HDF, durante vários anos sensibilizou-se por este problema, junto com a grupo de pessoas ligados ao direito e à saúde, mostraram-se dispostos a criar no Algarve uma Associação de luta contra o cancro e apoio ao doente oncológico. Foi este grupo inicial que fundou a Associação Oncológica do Algarve.

Construiu um edifício de raiz, com o apoio de fundos comunitários (Interreg III-A)  e apoios municipais,  onde foi instalada a Unidade de Radioterapia do Algarve, uma vez que não existia tratamento  por radiações, na região,  e os doentes eram forçados a deslocar-se a Lisboa.e.

Adquiriu uma Unidade Móvel para Rastreio do Cancro da Mama, até então inexistente no Algarve, através de angariação de fundos com o evento anual Mamamaratona, Programa de Saúde XXI e apoios da comunidade, a qual iniciou o seu trabalho na região em Setembro de 2005. Foi estabelecida uma parceria com a Administração Regional de Saúde do Algarve, para a realização do Rastreio do Cancro da Mama. Essa unidade tem vindo a percorrer todos os Concelhos do Algarve, a fim de fazer mamografias às mulheres cuja idade está dentro do grupo alvo para este tipo de diagnóstico(neste momento entre 50 aos 69).

A Associação Oncológica disponibiliza um Núcleo de Apoio Psico-social que é responsável pela Consulta de Psiconcologia (individual e familiar) e por Terapias de Grupo.

Realizam-se Sessões de Informação e Sensibilização sobre a temática do cancro, em vários locais da região.

Orgãos Sociais

?

Diário da Républica

Relatório de contas